Programa de Prevenção Rodoviária dos CTT

Somos o operador postal universal em Portugal, sendo líderes no correio e na entrega de Expresso e Encomendas, desenvolvendo também atividades de serviços financeiros.

Com mais de 3000 veículos, operamos uma das maiores frotas de automóveis em Portugal, indispensável na entrega diária de milhões de cartas e encomendas.

Com tantos veículos e trabalhadores nas estradas é grande a importância dada às questões de sustentabilidade e segurança rodoviária.

1440x650_prevencao

Implementamos em 2015, um novo Programa de Prevenção Rodoviária, que abrange vários temas desde a segurança nas viaturas, formação de condutores, controlo de acidentes e reconhecimento dos melhores condutores e equipas e sensibilização constante sobre segurança rodoviária.

O principal objetivo do programa é a redução da sinistralidade rodoviária, incluindo a sinistralidade laboral, em particular nos veículos de duas rodas.

Para o desenvolvimento do projeto foram criados sete grupos de trabalho, com envolvimento de vários departamentos.

1 - Diagnóstico de Acidentes Rodoviários
2 – Formação
3 - Veículos
4 - Novos Condutores
5 - Reconhecimento
6 - Controle de Acidentes
7 - Comunicação

  • Diagnóstico de Acidentes Rodoviários

    Foram avaliados cerca de 2000 acidentes, efetuada a sua caracterização e o diagnóstico de causas. Este trabalho é regularmente atualizado e é importante para a definição das ações a desenvolver.

  • Controle de Acidentes

    Foi implantado um modelo de controlo mensal de acidentes, e melhorado o modelo de informação.
    Mensalmente, são avaliados os acidentes rodoviários e implementadas ações adicionais.
    São realizadas auditorias, sem aviso prévio, para garantir que a frota está segura e a manutenção preventiva está a ser efetuada.

  • Veículos

    Foram analisados os equipamentos de segurança adicionais possíveis e escolhidos os novos equipamentos considerando os acidentes mais frequentes. Os equipamentos adicionais foram integrados nos programas de compra, que são regularmente revistos.

  • Novos Condutores

    Foi definido um modelo de avaliação psicológica e formação para os novos condutores.

  • Formação

    Foi desenvolvido um programa de formação que inclui ações específicas para novos condutores, condutores com mais acidentes, chefias operacionais, sensibilização geral e outras, quando necessário. A formação realiza-se em reuniões de equipa, em auto-estudo ou em ações presenciais (condução defensiva). O número de participações aumentou significativamente desde o início do programa, acelerando significativamente a partir de 2018, por alteração do modelo de sensibilização, quando atingimos 32000 participações, valor estabilizado desde então.

  • Reconhecimento

    Anualmente são selecionadas as melhores equipas, de acordo com um modelo de avaliação que inclui os acidentes rodoviários e o desempenho energético (melhores consumos). Estas equipas disputam a prova nacional do Drivers’ Challenge, que é organizada no âmbito do Programa de Prevenção Rodoviária dos CTT, e as melhores equipas são premiadas. A melhor equipa representa os CTT na prova internacional do Drivers’ Challenge, que junta representantes dos operadores postais europeus. Pode obter mais informação sobre a competição Drivers’ Challenge aqui.

  • Comunicação

    É desenvolvido anualmente um conjunto de ações de sensibilização e divulgação para a segurança rodoviária, incluindo informação sobre as equipas e condutores seguros. Todos os temas são definidos de acordo com a avaliação efetuada e revista regularmente e os conteúdos preparados internamente.

Desde o início do programa, o absentismo relacionado com os acidentes rodoviários foi gradualmente reduzido, tendo atingido o valor mais baixo em 2020, apesar de a atividade da frota ter aumentado no mesmo período. Em 2020, a redução de dias de trabalho perdidos desde o início do programa atingiu valores totais próximos dos 70000 dias.

Para lá do impacte ambiental, a redução de acidentes rodoviários também tem impactos financeiros e de sustentabilidade.

A nível do ambiente, o Programa de Segurança Rodoviária permitiu um melhor aproveitamento dos veículos, a prática de uma condução defensiva e, simultaneamente, ecoeficiente, permitindo poupanças de consumo, também verificadas no plano de racionalização energética dos CTT.

Este programa beneficia também a imagem dos CTT como empresa responsável, ao minimizar o impacto da grande atividade rodoviária que desenvolve.

Aspetos Relevantes e Reconhecimento

Este programa apresenta vários aspetos inovadores, dos quais destacamos:

  •  Diagnósticos iniciais e anuais.
  • Acompanhamento permanente da evolução dos acidentes vs. Objetivos.
  • Análise dos equipamentos de segurança existentes e adoção de novos equipamentos.
  • Segmentação da população CTT, com ações específicas de acordo com os acidentes, por tipo de veículo.
  • Comunicação periódica e frequente sobre os temas considerados mais importantes para a prevenção da sinistralidade rodoviária nos CTT.
  • Disponibilização dos conteúdos de formação online e desenvolvidos conteúdos e recursos próprios relacionados com acidentes rodoviários CTT.
  • Formação específica para condutores com acidentes, redução significativa após essas ações (93%).
  • Sensibilização geral com controlo da participação.
  • Intervenções multidisciplinares em equipas com mais acidentes.
  • Programa dinâmico, com ajuste permanente aos acidentes existentes e implementação de novas medidas, quando necessário.
  • Programa com continuidade, essencial para ganhar experiência e conhecimento.
  • Melhoria das informações sobre todos os acidentes, de trabalho ou apenas danos materiais.
  • Colaboração intensa com todos os níveis de gestão das várias frotas, com destaque para as chefias operacionais.
  • Reconhecimento, associando eficiência energética à segurança rodoviária.

Por tudo isto temos recebido diversos reconhecimentos do nosso trabalho:

O Compromisso CTT de Segurança Rodoviária

No âmbito da Segurança Rodoviária,  definimos um Compromisso de Segurança Rodoviária como referência importante para toda a empresa e que pode ser consultado

Consideramos que a promoção da segurança rodoviária nos CTT é responsabilidade de todos!