Consulte os alertas sobre ações de phishing, usando a marca CTT, em circulação. Veja aqui.

Portugal: Conservação de turfeiras

Este projeto promove a restauração e o incremento da ocupação de habitats de turfeiras no território português, dominados por musgos e algumas plantas vasculares, em solos afetados pelas alterações climáticas.

As turfeiras são habitats dominados por musgos e algumas plantas vasculares em solos onde existe água em abundância. No nosso país, ocupam uma área muito reduzida nas serras de maior altitude do Norte e Centro de Portugal, prevendo-se que sejam fortemente afetadas pelas alterações climáticas. Este projeto pretende levar a cabo um programa de restauro e incremento da sua área de ocupação, de forma a aumentar a sua resiliência a um clima em mudança, maximizando os serviços que estes habitats prestam.

As turfeiras são habitats naturais de elevado valor biológico. Para além do sequestro de carbono, as turfeiras desempenham um papel importante no ciclo da água e ao nível da biodiversidade. Estas armazenam água dos períodos mais chuvosos que libertam ao longo do período seco criando cursos de água a que estão associadas espécies únicas destes ambientes.

Estima-se que com este projeto a Turfeira do Côvo ajude a reter o equivalente a mais de 1.300 tCO2e.

Ficha de projeto - Conservação de turfeiras

Nome do País Portugal
Área (km2) 91.606
População (milhões) 10,3
Rendimento/capita (US$) 23.408
Esperança de vida à nascença (anos) 81,7
Taxa de mortalidade infantil <5 anos (/1000 nascimentos) 3,7
População adulta analfabeta (%) 3,9
Pegada ecológica (ha/capita) 4,1
Emissões CO2 (ton/capita) 4,33

A processar, aguarde um instante...

Obrigado por participar.
Por favor confirme o seu voto através do email enviado.

O seu voto foi registado com sucesso. Obrigado!

Ocorreu um erro. Por favor tente novamente.

Ocorreu um erro com o código de verificação.
Por favor tente novamente.

Apenas pode existir um voto por projecto Nacional e Internacional.

O email fornecido não se encontra na aplicação.
Por favor tente novamente.