CoVid-19: Como estamos a proteger os nossos clientes e colaboradores

16 de Março, 2020

Os CTT estão conscientes do papel crítico que desempenham na manutenção de cadeias de comunicação e logística vitais para a economia e a sociedade portuguesa. No presente momento de crise, os CTT proporcionam às pessoas a possibilidade de ficarem em casa podendo satisfazer os seus pedidos de entrega de bens necessários, e proporcionam às empresas que a sua logística e distribuição se mantenham ativas, fazendo com que a economia continue a funcionar.

No âmbito das iniciativas de mitigação de risco associadas à pandemia CoViD-19, os CTT criaram durante a semana passada um Comité de Gestão de Crise, para assegurar o Plano de Continuidade e Contingência CTT e garantir a informação e apoios adequados a todos os seus funcionários, promovendo as medidas mitigantes dos principais riscos em presença.

No âmbito dessas iniciativas de mitigação de risco estão a ser implementadas medidas que visam minimizar os impactos na disponibilidade da sua rede de retalho e na distribuição postal, preservando a integridade dos seus trabalhadores.

As Lojas CTT vão implementar o atendimento à porta fechada, de forma a minimizar a permanência de clientes em loja e para garantir o distanciamento entre cada cliente. Assim, apenas poderão permanecer na Loja os clientes que estão a ser atendidos. A fila de espera será efetuada à porta da Loja, garantindo que os clientes em espera o façam num local arejado e que mantenham a distância mínima sugerida.

As Lojas CTT terão também uma redução de horário em função do número de trabalhadores presentes, sendo que os horários das lojas estão em permanente atualização no site dos CTT e todas as Lojas em funcionamento terão um período de encerramento à hora de almoço, das 12h30 às 14h30, permitindo a limpeza de todos os espaços de forma mais profunda.

Os colaboradores dos CTT poderão usar máscara, luvas e gel desinfetante no atendimento aos clientes. Será também colocada uma fita colorida sinalizadora no chão por forma a manter a distância de segurança entre o colaborador e o cliente.

Os CTT vão ainda encerrar um conjunto de lojas, em função da ausência de colaboradores pertencentes a grupos de risco de saúde, e também necessidades de assistência a filhos menores de 12 anos pelo encerramento das escolas.

Relativamente ao pagamento do subsídio de mobilidade nas Regiões Autónomas importa esclarecer que, no seguimento da decisão do Governo Regional da Região Autónoma da Madeira e o Governo Regional da Região Autónoma dos Açores de determinar a obrigatoriedade de quarentena aos passageiros que desembarquem nos aeroportos das regiões, e para que as pessoas possam cumprir a quarentena, foi definido pelos CTT, como medida de mitigação e de ajudar ao cumprimento da referida quarentena, que o reembolso só poderá ser efetuado 15 dias após a realização da viagem.

Relativamente aos Pontos CTT (Postos de Correio), os CTT informam que poderão existir alterações nos horários de funcionamento ou o encerramento dos mesmos, por decisão dos parceiros dos CTT na prestação deste serviço.

No âmbito das Operações, tendo em vista a segurança dos Clientes e dos cerca de cinco mil carteiros dos CTT, a assinatura nos terminais dos carteiros durante o processo de entrega de produtos de Correio, Expresso e Carga será suspenso. Esta medida será aplicada a todos os serviços exceto nas citações ou notificações via postal e nos serviços “Entrega ao Próprio”, estando ainda em análise cenários de ajustamento da atividade tendo em conta a eventual ausência de colaboradores que pertencem a grupos de risco de saúde.

Os carteiros dos CTT vão adotar procedimentos específicos no exercício das suas funções durante os giros, na interação com a população e no manuseamento de objetos, para reduzir o risco de contágio.

Nos maiores Edifícios da empresa onde constam os principais Centros Operacionais, os CTT vão avançar com a medição diária da temperatura corporal, estando a tentar assegurar a expedição de luvas, máscaras de proteção e gel desinfetante e o reforço da frequência de limpeza de todos os locais de trabalho. Serão ainda ajustados os horários dos turnos, evitando sobreposições e acomodando situações de ausência de colaboradores de risco, como medida cautelar de proteção.

Com vista à preservação da segurança e bem-estar dos seus colaboradores, a Empresa decidiu também promover a implementação do trabalho à distância em todos os serviços em que tal se revele possível, tendo em conta condições de infraestrutura e a especificidade das funções desempenhadas, designadamente, nos serviços de apoio, de modo a contribuir para a mitigação do risco ou mesmo a interrupção da cadeia de contágio.

Nos últimos dias começaram a ser aplicadas medidas de redução de contacto para os colaboradores cuja presença física na Empresa é imprescindível, respeitando uma lógica de rotação mínima de referência de 14 dias de calendário para os serviços que tiverem de permanecer nas instalações da Empresa.

Os CTT estão muito focados na atual problemática CoViD-19 e em acompanhar em permanência todas as recomendações das Autoridades. A Empresa vai continuar a acompanhar diariamente as orientações da Direção-Geral da Saúde e a evolução dos factos, de modo a adaptar os procedimentos internos de minimização de eventuais contágios, sempre que se justifique.

Os CTT, mantendo a prestação de um serviço de qualidade e a proximidade às populações, apelam também ao seguimento rigoroso das recomendações da Direção-Geral da Saúde, por forma a garantir a segurança dos clientes, mas também dos colaboradores dos CTT.

Os CTT agradecem a entrega total, o trabalho e o esforço dos nossos Colaboradores, que neste momento de crise continuarão a prestar um serviço essencial aos nossos clientes, em especial os Carteiros e os colaboradores dos nossos centros operacionais, que asseguram que o correio e as encomendas continuam a chegar, assim como os Atendedores, que garantem que as lojas permanecem abertas. Pedimos que todos cumpram rigorosamente os procedimentos de higiene e segurança para proteção de todos.


Covid19_post-web