Subscrever

Quem pode subscrever

Os Certificados de Aforro e Certificados do Tesouro Poupança Crescimento podem ser subscritos por particulares, de qualquer nacionalidade ou idade, desde que tenham:

  • documento de identificação
  • número de contribuinte 

Os certificados podem ser subscritos para a própria pessoa ou para outra pessoa.

A subscrição efetuada por um terceiro implica o preenchimento de modelo 701 – B  e a recolha e registo dos necessários elementos identificativos do requerente

Como subscrever

Para subscrever Certificados de Aforro e Certificados do Tesouro Poupança Crescimento precisa de se deslocar a uma Loja CTT.

Vai precisar de ter uma Conta Aforro. Os Certificados de Aforro ou Certificados do Tesouro Poupança Crescimento ficam associados a essa conta. Se ainda não tiver uma Conta Aforro, pode criá-la no momento.

Se subscrever Certificados de Aforro, os ganhos que vai ter de 3 em 3 meses acumulam com o valor inicial dos certificados e passam também eles a render juros. 

Se subscrever Certificados do Tesouro Poupança Crescimento, os ganhos que vai ter anualmente são depositados na conta bancária que indicou quando abriu a Conta Aforro.

Existem limites mínimos e máximos para o valor dos certificados que se podem subscrever para a mesma Conta Aforro:

Mínimo

Máximo

Certificados de Aforro

100 €

250.000 €

Certificados do Tesouro Poupança Crescimento

1.000 €

1.000.000 €

Documentos de que vai precisar

A pessoa em nome de quem vai ficar a Conta Aforro deve levar consigo os seguintes documentos:

  • o impresso de abertura de conta modelo 701 preenchido
  • Bilhete de identidade ou cartão do cidadão ou passaporte ou autorização de residência no caso de estrangeiros com estatuto de residente em Portugal.
  • Cartão de contribuinte ou cartão de cidadão;
  • comprovativo do IBAN
  • comprovativo de morada
  • Comprovativo de profissão e entidade patronal




Saber mais sobre os Certificados de Aforro e sobre os Certificados do Tesouro Poupança e Crescimento.