Resgatar

Quando pode resgatar

Os Certificados de Aforro e Certificados do Tesouro Poupança Crescimento podem ser resgatados quando terminarem os períodos iniciais de imobilização, ou seja, os períodos pré-definidos durante os quais não se pode levantar o dinheiro.

Certificados de Aforro

3 meses (contados a partir da data da subscrição) 

Certificados do Tesouro Poupança Crescimento

1 ano (contado a partir da data da subscrição)

Se uma pessoa tiver vários certificados com datas de emissão diferentes e precisar de fazer o resgate, deve fazer primeiro o resgate dos certificados mais recentes. Isto porque os certificados mais antigos costumam render mais, devido aos prémios de permanência.

Como resgatar

1. Dirija-se a um Loja CTT. 

2. Peça o formulário para resgate e preencha-o, indicando:

  • o número da Conta Aforro
  • o número do certificado a amortizar
  • as unidades a amortizar. 

3. Apresente: 

  • o certificado a resgatar (exceto se forem certificados da série E ou Certificados do Tesouro Poupança Crescimento, porque são digitais)
  • o documento de identificação da pessoa em nome de quem está a Conta Aforro, da pessoa autorizada a movimentá-la (o movimentador) ou de outra pessoa com uma procuração para o resgate (feita num notário).

Quem pode resgatar

O resgate pode ser feito: 

  • pela pessoa em nome de quem estão os certificados
  • pela pessoa autorizada a movimentar os certificados (apenas possível para Certificados de Aforro anteriores à série E)
  • por um representante com uma procuração feita num notário.

Idade mínima para fazer o resgate

  • Se os certificados forem de série B, a pessoa em nome de quem está o certificado pode resgatá-lo desde que já tenha feito 15 anos.
  • Se os certificados forem das séries C, D ou E, é preciso ter 18 anos para fazer o resgate.

Se o certificado for da série C, se a pessoa em nome de quem está o certificado for menor de idade na data em que vence o certificado, o valor que tiver sido acumulado é depositado na conta bancária que tiver sido indicada.

Quanto pode resgatar

Quando passar o período inicial de imobilização, pode resgatar todo o valor da sua Conta Aforro ou apenas uma parte.

Os resgates de Certificados de Aforro das séries A, B, C e D em numerário, apenas podem ser efetuados pelo titular da conta aforro, e até ao limite máximo de 3.000 € (três mil euros) por conta aforro e por dia.

Saber mais sobre os Certificados de Aforro e sobre os Certificados do Tesouro Poupança e Crescimento.