Crédito Pessoal

Realize hoje os seus projetos de futuro. Com o nosso crédito pessoal, não tem de explicar como vai usar o dinheiro. O valor do empréstimo é decidido por si e pode pagar até 7 anos*.

  • De 2.500 € a 50.000 €
  • De 12 a 84 mensalidades
  • TAN desde 5,5 %
  • TAEG desde 8,6 %
  • Taxa e mensalidade fixas durante todo o contrato
  • Financiamento em 48 horas após receção do contrato
  • Seguro facultativo de proteção ao crédito com cobertura de desemprego e vida
Ver exemplo para um empréstimo de 6.000 €

Empréstimo de 6.000 € pago em 84 mensalidades de 99,76 €:

  • Taxa Anual Nominal (TAN) de 6,70 %
  • Taxa Anual de Encargos Global (TAEG) de 8,6%
  • Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC) de 7.883,88 €.

Inclui:

  • seguro de crédito facultativo de 7,79 € por mês, que não altera o MTIC nem a TAEG
  • comissão de processamento da prestação de 1,50 €.

Crédito sujeito a aprovação do Cetelem, marca do BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, S. A., SUCURSAL EM PORTUGAL. Os CTT atuam como intermediário de crédito vinculado e com exclusividade. 

Condições válidas em março de 2020, sujeitas a alterações conforme as condições da campanha ou da legislação em vigor.

Empréstimos flexíveis

O valor é decidido por si. Pode escolher um valor entre 2.500 € a 50.000 € e pagá-lo no prazo máximo de 7 anos*.

Segurança sem preocupações

O nosso crédito pessoal tem vantagens criadas a pensar em si.

  • Aprovação no próprio dia
  • Entrega do dinheiro nos 2 dias após o contrato
  • Empréstimo adaptado a cada projeto
  • Mensalidades e taxas fixas
  • Sem precisar de aderir a outros serviços
  • Com um seguro opcional de desemprego e vida

Simule o seu crédito pessoal

Um serviço da Cetelem - marca do BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, S. A., SUCURSAL EM PORTUGAL

Como aderir

Pode aderir em qualquer loja CTT

Traga consigo:

  • uma cópia do seu documento de identificação (cartão de cidadão, bilhete de identidade ou passaporte)
  • um comprovativo de rendimentos:
    • se trabalhar por conta de outrem, uma cópia dos 3 últimos recibos do ordenado
    • se trabalhar por conta própria, uma cópia da última declaração de IRS e da nota de liquidação do mesmo ano.
    • se estiver na reforma, uma cópia da última declaração da sua pensão
  • uma cópia da última fatura de um contrato da sua casa (água, eletricidade, televisão por cabo ou internet, por exemplo)
  • um comprovativo da sua conta bancária à escolha:
    • uma cópia do extrato da conta, que mostre o IBAN e o nome do titular
    • um cheque
    • a caderneta.

Perguntas frequentes

O que significa TAN?

A TAN é a Taxa Anual Nominal. Serve para saber qual é o preço do dinheiro emprestado. Dividindo o valor dessa taxa de juro por 12 meses, é possível calcular os juros que tem de pagar mensalmente.

O que significa TAEG?

A TAEG é a Taxa Anual de Encargos Global. Serve para saber todas as despesas associadas ao crédito, que incluem os juros (calculados usando a TAN), os impostos e as comissões. Dividindo esse valor por 12 meses, é possível calcular quanto paga pelo empréstimo mensalmente.

O que significa MTIC?

O MTIC é o Montante Total Imputado ao Consumidor. Serve para saber qual é a soma do dinheiro emprestado com todas as despesas associadas ao crédito, que incluem os juros, os impostos e as comissões. Ou seja, o MTIC permite saber qual é o valor total que terá pago no fim do empréstimo.

Quem empresta o dinheiro

A entidade que empresta o dinheiro é a Cetelem, uma marca do BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, S. A., SUCURSAL EM PORTUGAL. Os CTT atuam como intermediário de crédito entre a Cetelem e os clientes.

Precisa de mais informações ou ajuda?

Consulte a ajuda ou contacte-nos.

Conheça os seus direitos e deveres

O Banco de Portugal tem uma página que explica os direitos e deveres dos consumidores que pedem dinheiro emprestado. Informe-se antes de pedir um empréstimo.

* De acordo com as novas regras de Crédito Pessoal definidas pelo Banco de Portugal, o prazo máximo passa de 10 para 7 anos. Mantém o prazo máximo de 10 anos os pedidos de financiamento para despesas de: saúde, educação e energias renováveis, desde que devidamente comprovadas.