Brasil: Utilização de Biomassa Renovável

Este projeto abrange uma fábrica de cerâmica situada no Município de Paudalho, no estado de Pernambuco, no nordeste brasileiro, onde são produzidos tijolos e lajes para serem comercializados no mercado regional. A fábrica usava como combustível nos seus fornos madeira do bioma Caatinga. Este bioma é um dos ecossistemas mais ameaçados no mundo, pelo que, ao utilizar a madeira lá existente, a fábrica estava a contribuir para a intensa desflorestação que se regista na região, pondo em risco o seu frágil ecossistema. Assim, a escolha pela utilização de biomassa renovável para a produção de energia térmica para os fornos tem contribuído para reduzir impacte negativo no ecossistema Caatinga e tem permitido o investimento noutras iniciativas sustentáveis.

A escolha do processo de produção mais sustentável através de biomassa renovável proveniente de madeira de atividades de gestão florestal sustentável (briquetes de cana-de-açúcar, madeira de algaroba e de eucalipto e resíduos de madeira provenientes de indústrias e da construção), permite reduzir a desflorestação e as emissões de gases com efeito de estufa. Ao mesmo tempo, a empresa oferece aos seus funcionários alimentos básicos, benefícios salariais e cursos de formação, promove a igualdade de oportunidades e a melhoria das condições de trabalho e oferece equipamentos desportivos à comunidade.

Estima-se que este projeto reduza 55.030 tCO2e em 10 anos. É um projeto verificado externamente com certificações VCS e Social Carbon (registo no Markit).

 

Localização

País: Brasil

  • Área (km2): 8.515.767
  • População (milhões): 207,7
  • Rendimento/capita (US$):14.810
  • Esperança de vida à nascença (anos): 74,7
  • Taxa de mortalidade infantil <5 anos (/1000 nascimentos): 13,8
  • População adulta analfabeta (%): 9,3
  • Pegada ecológica (ha/capita): 3,1
  • Emissões de gases com efeito de estufa (ton/capita): 2,3

A Votação está encerrada