Emissão Filatélica celebra 500 anos das relações entre Vietname e Portugal

29 de junho, 2016

Os CTT celebram os 500 anos das relações entre Portugal e o Vietname com uma emissão de selos que será emitida a 1 de julho próximo. Fixar a história e as marcas do contacto entre estes dois povos, que remontam ao período dos Descobrimentos, num suporte universal que viaja por todo o mundo, são o objetivo desta emissão filatélica. 

O primeiro português a estabelecer contactos com as populações autóctones da chamada Conchinchina, no século XVI, foi Fernão Peres de Andrade, tendo sido seguido por muitos outros ao longo dos anos. As trocas comerciais entre Portugal e o território que viria a chamar-se Vietname foram, de resto, constantes ao longo dos séculos. A influência portuguesa entendeu-se à própria cultura, sendo que vários vocábulos portugueses foram integrados na língua vietnamita.

Foi o jesuíta Francisco de Pina, neste contexto, o primeiro português a falar a língua local e a iniciar a transcrição fonética do vietnamita, dando assim origem a uma matriz portuguesa usada nas missões dos jesuítas.  Seria também um jesuíta, Gaspar do Amaral, em 1634, a elaborar o primeiro dicionário Vietnamita-Português.

Com esta emissão, os CTT celebram o respeito mútuo e as alianças estratégicas entre estes dois povos ao longo de 500 anos.

Esta emissão é composta por dois selos: um selo com o valor facial de 0,47€ e uma tiragem de 135 000 exemplares e outro selo com o valor facial de 0,80€ e uma tiragem de 115 000 exemplares. Os selos têm o formato de 40 X 30,6mm e o design esteve a cargo do Atelier Design&etc / Mr. Trang.

As obliterações de primeiro dia serão feitas nas lojas dos Restauradores em Lisboa, Munícipio no Porto, Zarco  no Funchal e Antero de Quental  em Ponta Delgada.