CTT apresentam nova edição de livro mais antigo do mundo com selos

25 de novembro, 2019

O novo livro dos CTT, “Portugal em Selos 2019”, convida os leitores a realizar uma viagem através das várias dimensões do nosso património natural e cultural, que estiveram presentes nas emissões filatélicas deste ano.

O livro Portugal em Selos é o mais antigo livro do mundo com selos dentro, editado de forma recorrente. Publicado desde 1983 já se tornou num dos emblemas da filatelia, reforçando a marca de Portugal no mundo através dos CTT e dos seus selos.

Da autoria de Jorge Martins e traduzido por José Manuel Godinho, este livro mostra-nos no capítulo das “Crónicas Antiquíssimas”, a série de selos dedicada aos 500 anos do Correio, lançada no Dia Mundial dos Correios. Esta emissão é composta por quatro selos e um bloco filatélico com um selo, com a evolução dos logotipos dos Correios entre 1880 até à atualidade. Nesse mesmo capítulo, entre outras emissões, está presente a emissão conjunta Portugal-Espanha, do V Centenário da Expedição Fernão Magalhães, uma celebração em selos da Primeira Circum-Navegação, iniciada em 1519 e concluída em 1522.

No capítulo “Livro de Linhagens” destacamos a emissão dos 150 Anos do nascimento de Gandhi, com um bloco filatélico em khadi, o tecido artesanal de fibra natural que Mahatma Gandhi fiava na sua charkha e usava para se vestir, sendo Portugal e a Índia os únicos países do mundo que decidiram utilizar este tipo de material na impressão de selos. Também neste capítulo e como comemoração dos 150 anos do nascimento de Calouste Gulbenkian, apresenta-se a emissão Conjunta Portugal-Arménia.

O capítulo “Crónicas do Quotidiano” aborda diversas emissões, entre elas os Trajes Mediterrâneos das ceifeiras e pastores alentejanos e das salineiras e pescadores do algarve; a saga mundialmente famosa do Harry Potter está também inserida neste capítulo. Esta última, em parceria com a Warner Bros. Consumer Products, é uma emissão dedicada ao feiticeiro mais famoso do Planeta que tem cativado pessoas de todas as idades e chegado a públicos tão distintos, revelando-se um verdadeiro caso de sucesso.

Por fim, no capítulo “Livro de Memórias”, o livro relembra os 150 anos da abolição da escravatura em Portugal devido ao Decreto de 25 de fevereiro de 1869. Este Decreto foi o culminar de um processo legislativo, iniciado em 1858, que visava a extinção do estado de escravidão de seres humanos em Portugal, e que teve em Sá da Bandeira o seu principal obreiro. Também neste capítulo, a emissão Natal que para além dos selos dos Reis Magos, contém um bloco filatélico com uma particularidade única no mundo o selo do bloco, tem luz led, na estrela-guia, onde está inserido um díodo emissor de luz que é ativado através de um telemóvel com tecnologia NFC.

Neste livro constam todas as emissões filatélicas deste ano e, por isso mesmo, não apenas as que foram destacadas acima, mas incluem também as emissões: “Raças Autóctones de Portugal (2º grupo)”; “Emissão Conjunta Portugal – China / 40 Anos das Relações Diplomáticas”; “Vultos da História e da Cultura “; “200 Anos do Nascimento de D. Maria II”; “700 Anos da Fundação da Ordem de Cristo”; “Prémios Aga Khan para a Música”; “Museus Centenários de Portugal (1º grupo)”; “OIT Organização Internacional do Trabalho – 100 anos”; “Europa - Aves Nacionais”; “100 Anos do Eclipse de Einstein”; “600 Anos do Descobrimento do Arquipélago da Madeira - 2.º Grupo”; “Chá dos Açores”; “Figuras Mundiais da História e da Cultura”; “Ano Internacional da Tabela Periódica”; “Artur de Sousa - "Pinga"”; “40 Anos de Serviço Nacional de Saúde”; “Centenário da Direção-Geral dos Serviços Pecuários”; “Doces Tradicionais de Portugal (3º grupo)”; “ANACOM – 30 Anos”; “Arcebispos de Braga (2º grupo)”; “A Revolução Liberal de 1820”; “Crónica de 1419”; “«Bíblia de Almeida» -  Edição Completa 1819 – 2019”.

Com uma tiragem limitada a 7000 exemplares numerados, esta edição bilingue contém uma prova de cor da emissão “D. Maria II – 200 Anos do Nascimento”, 87 selos, 18 blocos e 1 folha miniatura, no valor de 102,51€.