Consenso

O consenso apresentado abaixo é baseado em relatórios de analistas dos bancos e casas de investimento que publicam regularmente estudos sobre a ação dos CTT – Correios de Portugal, S.A. (“CTT”). Devido ao caráter dinâmico desses relatórios, não é possível assegurar que este consenso esteja permanentemente completo e atualizado.

Por essa razão, o mesmo é apresentado a título meramente informativo e não constitui uma oferta ou solicitação de compra, de manutenção ou de venda de ações ou outros instrumentos financeiros, nem representa um conselho, recomendação ou sugestão de (des)investimento em qualquer instrumento financeiro por parte dos CTT.

2019

Atualizado em: 14-02-2019

Consenso 2018 (M) Média Mín. Máx.
Rendimentos Operacionais (1)
709,0 705,3 713,4
   - Correio, Outros e Ajustamentos 493,4 489,8 498,5
   - Expresso & Encomendas 152,4 151,8 154,2
   - Serviços Financeiros 39,5 36,4 42,4
   - Banco CTT 23,7 22,7 25,0
EBITDA Recorrente (1)(2)
90,5 84,9 98,0
   - Correio 85,6 81,2 89,7
   - Expresso & Encomendas 3,8 2,7 5,0
   - Serviços Financeiros 16,0 11,5 20,0
   - Banco CTT -14,8 -16,0 -11,7
Resultado líquido reportado
23,8 14,3 39,0
Dividendo 19,8 14,3 27,0

(1) Nem todos os analistas divulgam estimativas por área de negócio. Por essa razão, a soma das estimativas por segmento diverge do total.
(2) A Caixa BI reporta o EBITDA recorrente incluindo os custos relacionados com Plano de Transformação Operacional, que foram excluídos para maior coerência com o consenso de EBITDA recorrente. Para esse efeito, foram adicionados 20 M€, que correspondem ao valor de guidance da Gestão dos CTT associados a custos não recorrentes para 2018.

Fonte: Barclays, BBVA, Caixa BI, CaixaBank BPI, Goldman Sachs, Haitong e Jefferies. Estimativas do Santander atualmente em revisão.
Disclaimer:

Este consenso foi elaborado com base em relatórios sobre o desempenho dos negócios dos CTT emitidos regularmente por analistas das instituições referidas no quadro apresentado no separador “Analistas”. Quaisquer opiniões, estimativas, avaliações, projeções ou previsões efetuadas pelos referidos analistas são da sua inteira e exclusiva responsabilidade e não refletem as opiniões, estimativas, avaliações, projeções ou previsões dos CTT nem da sua Administração. A referência neste site a tais informações, avaliações, conclusões ou recomendações não decorre de, nem corresponde a, qualquer concordância ou consentimento dos CTT relativamente àquelas opiniões.

Os CTT não assumem qualquer responsabilidade no que respeita à incorreção da informação constante deste consenso e, bem assim, não se responsabilizam por qualquer uso desta informação, nomeadamente para a tomada de decisões de (des)investimento. Os CTT rejeitam qualquer responsabilidade por danos ou perdas incorridos baseadas na informação aqui publicada, assim como não assumem qualquer compromisso relativamente à sua atualização.

Atualizado em: 14-03-2016

Consenso 2015 (M) Média Mín. Máx.
Rendimentos Operacionais (1)
731,2 719,6 754,5
   - Correio, Outros e Ajustamentos 521,0 512,0 526,4
   - Expresso & Encomendas 132,6 131,0 136,0
   - Serviços Financeiros 77,8 74,2 87,9
EBITDA Recorrente (1)(2)
142,3 136,0 150,0
   - Correio 101,9 99,0 104,0
   - Expresso & Encomendas 3,3 0,8 6,0
   - Serviços Financeiros 36,8 33,2 40,0
Resultado líquido reportado
74,8 62,8 87,0
Dividendo 70,9 69,0 73,5
(1) Nem todos os analistas divulgam estimativas por área de negócio. Por essa razão, a soma das estimativas por segmento diverge do total.
(2) EBITDA recorrente. Quando não está disponível considera-se o EBITDA reportado.

Fonte: Banco BIG, Barclays, BBVA, BPI, Caixa BI, Fidentiis, Goldman Sachs, Haitong Bank, Intermoney, Investec, Jefferies, JP Morgan, Main First, Morgan Stanley, RBC, Santander.
Disclaimer:

Este consenso foi elaborado com base em relatórios sobre o desempenho dos negócios dos CTT emitidos regularmente por analistas das instituições referidas no quadro apresentado no separador “Analistas”. Quaisquer opiniões, estimativas, avaliações, projeções ou previsões efetuadas pelos referidos analistas são da sua inteira e exclusiva responsabilidade e não refletem as opiniões, estimativas, avaliações, projeções ou previsões dos CTT nem da sua Administração. A referência neste site a tais informações, avaliações, conclusões ou recomendações não decorre de, nem corresponde a, qualquer concordância ou consentimento dos CTT relativamente àquelas opiniões.

Os CTT não assumem qualquer responsabilidade no que respeita à incorreção da informação constante deste consenso e, bem assim, não se responsabilizam por qualquer uso desta informação, nomeadamente para a tomada de decisões de (des)investimento. Os CTT rejeitam qualquer responsabilidade por danos ou perdas incorridos baseadas na informação aqui publicada, assim como não assumem qualquer compromisso relativamente à sua atualização.

Atualizado em: 14-02-2019

Consenso 2018 (M) Média Mín. Máx.
Rendimentos Operacionais (1)
709,0 705,3 713,4
   - Correio, Outros e Ajustamentos 493,4 489,8 498,5
   - Expresso & Encomendas 152,4 151,8 154,2
   - Serviços Financeiros 39,5 36,4 42,4
   - Banco CTT 23,7 22,7 25,0
EBITDA Recorrente (1)(2)
90,5 84,9 98,0
   - Correio 85,6 81,2 89,7
   - Expresso & Encomendas 3,8 2,7 5,0
   - Serviços Financeiros 16,0 11,5 20,0
   - Banco CTT -14,8 -16,0 -11,7
Resultado líquido reportado
23,8 14,3 39,0
Dividendo 19,8 14,3 27,0

(1) Nem todos os analistas divulgam estimativas por área de negócio. Por essa razão, a soma das estimativas por segmento diverge do total.
(2) A Caixa BI reporta o EBITDA recorrente incluindo os custos relacionados com Plano de Transformação Operacional, que foram excluídos para maior coerência com o consenso de EBITDA recorrente. Para esse efeito, foram adicionados 20 M€, que correspondem ao valor de guidance da Gestão dos CTT associados a custos não recorrentes para 2018.

Fonte: Barclays, BBVA, Caixa BI, CaixaBank BPI, Goldman Sachs, Haitong e Jefferies. Estimativas do Santander atualmente em revisão.

Atualizado em: 19-08-2019

Consenso 2019 (M) Média Mín. Máx.
Rendimentos Operacionais (1)
713,1 697,0 725,0
   - Correio, Outros e Ajustamentos 471,6 449,0 482,8
   - Expresso & Encomendas 155,6 151,0 162,1
   - Serviços Financeiros 37,6 31,0 42,0
   - Banco CTT 48,5 28,9 57,0
EBITDA Recorrente (1)(2)
99,2 93,3 105,0
   - Correio 82,1 81,0 83,5
   - Expresso & Encomendas 3,1 -0,4 6,0
   - Serviços Financeiros 17,1 16,0 18,5
   - Banco CTT -0,9 -3,0 1,0
Resultado líquido reportado
26,9 18,4 31,0
Dividendo 22,9 13,8 31,0

(1) Estimativas incluídas quando disponíveis. Nem todos os analistas divulgam estimativas por área de negócio. Por essa razão, a soma das estimativas por segmento diverge do total.
(2) A Caixa BI reporta o EBITDA recorrente incluindo os custos relacionados com Plano de Transformação Operacional, que foram excluídos para maior coerência com o consenso de EBITDA recorrente. Para esse efeito, foram adicionados 15 M€, que correspondem ao valor de guidance da Gestão dos CTT associados a custos não recorrentes para 2019.

Fonte: Barclays, BBVA, Caixa BI, CaixaBank BPI e Haitong. Estimativas do Santander e Jefferies estão em revisão.

Atualizado em: 14-02-2019

Consenso 2018 (M) Média Mín. Máx.
Rendimentos Operacionais (1)
709,0 705,3 713,4
   - Correio, Outros e Ajustamentos 493,4 489,8 498,5
   - Expresso & Encomendas 152,4 151,8 154,2
   - Serviços Financeiros 39,5 36,4 42,4
   - Banco CTT 23,7 22,7 25,0
EBITDA Recorrente (1)(2)
90,5 84,9 98,0
   - Correio 85,6 81,2 89,7
   - Expresso & Encomendas 3,8 2,7 5,0
   - Serviços Financeiros 16,0 11,5 20,0
   - Banco CTT -14,8 -16,0 -11,7
Resultado líquido reportado
23,8 14,3 39,0
Dividendo 19,8 14,3 27,0

(1) Nem todos os analistas divulgam estimativas por área de negócio. Por essa razão, a soma das estimativas por segmento diverge do total.
(2) A Caixa BI reporta o EBITDA recorrente incluindo os custos relacionados com Plano de Transformação Operacional, que foram excluídos para maior coerência com o consenso de EBITDA recorrente. Para esse efeito, foram adicionados 20 M€, que correspondem ao valor de guidance da Gestão dos CTT associados a custos não recorrentes para 2018.

Fonte: Barclays, BBVA, Caixa BI, CaixaBank BPI, Goldman Sachs, Haitong e Jefferies. Estimativas do Santander atualmente em revisão.