O Correio Publicitário

O Correio Publicitário é a ferramenta de marketing mais eficaz para as marcas falarem com os seus consumidores.

De todos os meios de publicidade, o Direct Mail é o que tem um ROI mais elevado (DMA, 2012), sendo que 80% das pessoas que recebem comunicações por correio consultam diariamente a sua correspondência (USPS, 2012).

Este meio permite alcançar inúmeros objectivos: aumentar vendas, proporcionar relacionamento, recolher dados e aumentar a notoriedade das marcas.

Caracteriza-se por um conjunto de técnicas que permitem contactar de forma seletiva um grupo alvo específico com o objetivo de gerar uma resposta, ou seja, a reação concreta à mensagem enviada. 

A possibilidade de recorrer uma elevada segmentação permite restringir o esforço de comunicação sobre um grupo mais pequeno, mas com a garantia de existir afinidade entre a mensagem e o destinatário, elevando a eficácia do contacto.

Este meio pode simplificar, quando os media se multiplicam. Independentemente da estratégia, estudos revelam que o marketing direto por correio aumenta significativamente as taxas de resposta, tornando-se uma parte essencial de qualquer mix de marketing de sucesso. A taxa de resposta média do Direct Mail é de 4,4% (DMA Response Rate Report, 2012)

Quando esta comunicação pressupõe uma reação através de um suporte de resposta para esse efeito, torna possível a identificação das respostas obtidas de forma rigorosa e a medição do retorno da campanha.

Eficácia

O Direct Mail é o canal de comunicação que permite atingir elevadas taxas de resposta. Vários fatores contribuem para este facto: confiança, compromisso com o cliente, difícil de ignorar, pode ser guardado para futura referência, é o destinatário que decide quando e onde vai ler. É por estas razões que o tempo de atenção dedicado a ler DM é muito superior a qualquer outro meio.

As tecnologias atuais podem também integrar esta experiência e combinadas diferentes experiências sensoriais. Os efeitos visuais, componentes 3D, o tato, o olfato e o paladar são sentidos a experimentar, permitindo assegurar mailings únicos e originais para os consumidores, o que os faz guardar a correspondência física em média durante 17 dias (Market Reach, 2013).

Harmonia com outros meios

Numa campanha é possível integrar o Direct Mail com outros meios, o que contribui de forma determinante para atingir os objetivos propostos e aumentar a credibilidade das mensagens.. 63% das pessoas afirmam que o DM é mais confiável que a publicidade em internet e televisão. (twosides.org.au).

Nas peças de Direct Mail existe a liberdade de incluir elementos que o interligam com os meios digitais, como exemplo o QR Code, estimulando o tráfego para os sites e impulsionar as vendas on-line, formas práticas que permitem captar a atenção do cliente e medir audiências com ações simples. O Direct Mail continua a ser um canal muito eficiente de gerar novos leads e estimular as vendas.

Os catálogos são outro exemplo a destacar. Os consumidores que possuem um catálogo, tendem a comprar mais e gastar mais tempo no website, em comparação com os clientes que apenas visitam o website.

Resposta ao desafio

Existe uma multiplicidade nas respostas dadas pelo meio. Os clientes gostam de ser informados de promoções ou ofertas especiais. O Direct Mail torna-se ainda mais interessante quando consegue alcançar a relevância nos destinatários, nas campanhas de fidelização, quando utilizado pelas marcas das quais já se é cliente. O Direct Mail é o meio preferido para retenção de consumidores (Creating connections that matter, Australia Post).

Exclusividade

O DM é um meio de comunicação muito mais exclusivo quando comparado com outros.

Face aos milhões de mensagens que os consumidores recebem diariamente, o DM é o meio que capta a atenção. Não pode ser apagado, não vai para a caixa de spam e a maioria das pessoas não bloqueia com “recusa de publicidade” as suas caixas de correio.

Não é comparável o número de peças de DM que um consumidor recebe com as mensagens que nos chegam de todo o lado, de vários meios e de milhões de marcas, mas o que nos torna especiais e nos chama a atenção são as mensagens que recebemos e que são de facto relevantes, que só este meio de elite nos pode oferecer.