Certificados do Tesouro Poupança Crescimento

Títulos da Dívida Pública de médio e longo prazo, destinados à poupança das famílias, com uma taxa fixa garantida. A taxa de juro a partir do 2º ano é acrescida de um prémio de remuneração, em função do crescimento médio real do Produto Interno Bruto (PIB).

Entidade emissora: Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP, E.P.E.)

Alta Rentabilidade

  • Com uma taxa de juro média a 7 anos mínima de 1,38% (TAE)* acresce um prémio de remuneração anual a partir do 2º ano.

Total Segurança

  • Garante a totalidade do capital investido e do rendimento obtido. É Dívida Pública emitida e garantida pelo Estado Português.

Sem Custos

  • Totalmente isento de custos tanto na adesão, manutenção, levantamento antecipado ou vencimento.

Juros Anuais

  • Os Certificados de Tesouro Poupança Crescimento permitem aplicações entre um mínimo de 1.000€  e um máximo de 1.000.000€ (por conta Aforro), estando sujeitos a um prazo fixo de 7 anos. Os juros são pagos anualmente, líquidos de IRS, sendo creditados no IBAN registado na conta aforro associada ao titular. É permitido o resgate total ou parcial um ano após a data da subscrição, em qualquer momento do tempo, acarretando perda total dos juros decorridos desde o último vencimento de juros até à data de resgate. O reembolso do capital investido ocorre no final do prazo, no 7º aniversário da data da subscrição ou no 1º dia do mês seguinte se esse dia não existir no mês do vencimento, sendo o valor creditado no IBAN registado na conta aforro associada ao titular.

Muito fácil de subscrever

  • A subscrição de CTPC requer apenas a abertura de uma conta aforro numa Loja CTT aberta pelo próprio titular (ou por quem validamente o represente), suportada nos seguintes requisitos:
    • Preenchimento de formulário para o efeito
    • Apresentação dos documentos de identificação
    • Comprovativo de IBAN de uma conta bancária do próprio titular para crédito de juros e capital
    • Comprovativo de morada para envio de extrato

Regime Fiscal

  • Os juros e os prémios de remuneração estão sujeitos a IRS, com retenção na fonte, à taxa liberatória existente na data de vencimento de juros. Os CTPC estão isentos do imposto de selo, desde que revertam a favor de herdeiros legitimários.

Os CTPC proporcionam um rendimento com taxa fixa nos 7 anos do prazo de 0,75% no 1º ano, 0,75% no 2º ano, 1,05% no 3º ano, 1,35% no 4º ano, 1,65% no 5º ano, 1,95% no 6º ano e 2,25% no 7º ano, acrescendo a partir do 2º ano (inclusive) um prémio de remuneração, com máximo de 1,2%, a ser divulgado pela Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública - IGCP, E.P.E. (IGCP, E.P.E.), no seu sítio na Internet no penúltimo dia útil do mês anterior à data de pagamento de juros, correspondente a 40% da taxa de crescimento do PIB.