Nova campanha CTT promove títulos de dívida pública

8 de agosto, 2019

Os CTT iniciam, esta quinta-feira, dia 8 de agosto, uma nova campanha de drop mail que dá a conhecer as características dos produtos de dívida pública e inclui a oferta de um kit “Uma Árvore pela Floresta”, projeto dos CTT e da Quercus.

Com esta campanha, os CTT pretendem promover a possibilidade de valorização das poupanças dos portugueses através dos Certificados do Tesouro Poupança Crescimento e dos Certificados de Aforro Série E, enquanto promovem a melhoria da floresta portuguesa, com a entrega de uma árvore que irá depois ser plantada, em coordenação com a Quercus. É o sexto ano consecutivo que os CTT e Quercus se juntam nesta iniciativa que já plantou cerca de 90 mil árvores.

O Drop Mail, correio publicitário não endereçado, faz parte de um vasto portefólio de soluções de publicidade dos CTT, que ajuda as empresas a fazerem chegar as suas campanhas às pessoas certas. Com esta campanha os CTT irão impactar 675 000 casas portuguesas.

Os produtos de poupança que a nova campanha dá a conhecer oferecem total segurança, garantem a totalidade do capital investido e do rendimento obtido, e estão totalmente isentos de comissões, tanto na adesão, manutenção, levantamento antecipado ou vencimento.

Os Certificados do Tesouro Poupança Crescimento (CTPC) são títulos da Dívida Pública de médio a longo prazo, com subscrição a partir de 1 000 € e juros anuais crescentes entre 0,75% e 2,25% (TAE), acrescidos de um prémio de remuneração, a partir do 2º ano, em função do crescimento médio real do Produto Interno Bruto*

Os Certificados de Aforro Série E (CA) com subscrição a partir de 100 € e juros capitalizados trimestralmente num prazo até 10 anos, acrescidos de um prémio de permanência de 0,5% (do início do 2º ano ao final do 5º ano) e de 1% (do início do 6º ano ao final do 10º ano).

A cada subscrição de Dívida Pública de valor igual ou superior a 1 000€, os CTT oferecem 1 kit “Uma Árvore pela Floresta”. A ação limitada à oferta máxima de 10 000 árvores e mediante apresentação recebida pelo correio. Os CTT e a QUERCUS são, pelo sexto ano consecutivo, parceiros na iniciativa "Uma Árvore pela Floresta". Esta parceria, que vai na sexta edição, permite florestar com espécies autóctones diversas Áreas Protegidas e Matas Nacionais do nosso País, em particular as zonas mais afetadas pelos incêndios.

A criatividade da campanha foi da responsabilidade da Partners.

 

 

*Os CTPC proporcionam um rendimento com taxa fixa nos 7 anos do prazo de 0,75% no 1º ano, 0,75% no 2º ano, 1,05% no 3º ano, 1,35% no 4º ano, 1,65% no 5º ano, 1,95% no 6º ano e 2,25% no 7º ano, acrescendo a partir do 2º ano (inclusive) um prémio de remuneração, com máximo de 1,2%, a ser divulgado pela Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública - IGCP, E.P.E. (IGCP, E.P.E.), no seu sítio na Internet no penúltimo dia útil do mês anterior à data de pagamento de juros, correspondente a 40% do crescimento médio real do PIB nos últimos quatro trimestres, conhecidos no penúltimo dia útil do mês anterior à data de pagamento de juros.