Greve nos CTT– Adesão limitada a 16% e sem impacto

23 de fevereiro, 2018

Os CTT informam que, tendo procedido ao registo no sistema de processamento de ordenados dos trabalhadores aderentes à greve, apurou uma taxa efetiva de adesão de 16% no conjunto das empresas CTT em que a greve foi convocada. Estes são dados objetivos, não opinião mas sim medição.

A distribuição postal continua, portanto, a ser prestada durante o dia de hoje, não tendo esta paralisação cumprido o seu objetivo de interromper o serviço aos clientes.

De igual forma, a rede de atendimento dos CTT mantém-se em funcionamento a 100%, com todas as cerca de 2300 Lojas CTT e postos de correio existentes abertos de norte a sul do país e ilhas.

Os CTT preveem que, com esta fraca adesão que confirma as expectativas da empresa, a maioria da população não deverá sentir qualquer efeito da greve.

Se porventura se detetar algum constrangimento local, os CTT admitem realizar uma distribuição extraordinária de correio amanhã, sábado, 24 de fevereiro. A necessidade da mesma não está, todavia, para já, confirmada.

Os CTT atribuem a fraca adesão a esta greve ao facto de a mesma não estar relacionada com as relações laborais, mas com uma motivação de natureza ideológica e, portanto, exterior ao funcionamento regular da empresa.