CTT garantem aumentos salariais a todos os trabalhadores

28 de junho, 2017

Os CTT concluíram com todos os onze sindicatos representados na empresa as negociações relativas à revisão das remunerações base mensais e valores para progressões salariais. Os CTT assinaram hoje o respetivo acordo, que estipula pagamentos retroativos a 1 de janeiro do corrente ano.

Esta atualização, concretizada no âmbito do Acordo de Empresa (AE/CTT), além de abranger todos os sindicatos, será também estendida pelos CTT, como aconteceu com sucesso no passado, a todos os trabalhadores não sindicalizados, bastando a estes não se oporem.

Este acordo de revisão salarial consagra um aumento das remunerações base mensais dos trabalhadores filiados nos sindicatos e aos não filiados que não se opuserem, nos seguintes termos:

1. Remunerações base mensais até 1.267,20€: aumento de 1%;
2. Remunerações base mensais compreendidas entre 1.267,21€ e 1.889,60€: aumento de 0,75%;
3. Remunerações base mensais compreendidas entre 1,889,61€ e 2.772,30€: aumento de 0,65%.

Adicionalmente, foi acordado que o valor do limite mínimo do Grau de Qualificação II do Anexo III do Acordo de Empresa, bem como o valor da Posição Inicial referente ao mesmo Grau de Qualificação, do Quadro I do Anexo IV do Acordo de Empresa, será aumentado, a partir de 1 de julho do corrente ano, para 600,00€.