Banco CTT compra 321 Crédito

24 de julho, 2018

O Banco CTT, detido a 100% pelos CTT – Correios de Portugal, S.A, acordou a compra da 321 Crédito, uma instituição especializada na concessão de crédito para a compra de veículos automóveis usados por clientes de retalho, através de uma rede de pontos de venda.

O negócio, celebrado com a Firmus Investimentos, uma entidade detida pela Cabot Square Capital LLP e pela Eurofun, está avaliado em 100 M€.

A conclusão da operação é esperada para o primeiro trimestre de 2019 e está dependente da aprovação das entidades regulatórias, nomeadamente do Banco de Portugal e da Autoridade da Concorrência.

Para Francisco de Lacerda, Presidente-Executivo dos CTT, “este é mais um importante passo no desenvolvimento e reforço da estratégia que temos vindo a implementar, que inclui importantes investimentos e iniciativas no Banco CTT, no Expresso & Encomendas e no Plano de Transformação que visa a melhoria da eficiência e qualidade do negócio postal.”

Para Luís Pereira Coutinho, Presidente-Executivo do Banco CTT, “o Banco CTT tem sido uma história de sucesso, como provam os mais de 350 mil clientes que confiam em nós. A 321 Crédito é também uma história de sucesso, constituindo a sua aquisição um passo adicional na afirmação do Banco, permitindo alargar a nossa presença junto dos portugueses, e tornando a nossa oferta de produtos mais completa”.

Após os dois primeiros anos de operação, durante os quais o Banco CTT angariou mais de 350.000 clientes e mais de 730 M€ em depósitos (até ao final do primeiro semestre de 2018), esta aquisição representa um passo lógico e importante na estratégia do Banco CTT de se posicionar como um operador integrado de serviços financeiros de retalho.

A 321 Crédito irá permitir a diversificação do portfólio de produtos do Banco CTT, com um negócio rentável de crédito ao consumo, e otimizar o Balanço do Banco CTT, melhorando o seu rácio de transformação de 20% para mais de 60%.

Com esta transação e crescimento orgânico, o Banco CTT espera contribuir positivamente para o EBITDA dos CTT já em 2019 e atingir um resultado líquido positivo em 2020, com requisitos estimados de capital adicional até essa data de cerca de 20 M€, para além do aumento de capital necessário para financiar o preço final da aquisição.

A transação está também alinhada com a estratégia dos CTT, reforçando o compromisso com a diversificação do seu negócio, através da aposta estratégica no crescimento do Banco CTT e mantendo capacidade para continuar a investir em futuras oportunidades de crescimento noutros segmentos de negócio, como o Expresso & Encomendas.

Os principais dados operacionais e financeiros da 321 Crédito a dezembro de 2017 eram:

  • Quota de mercado na produção de crédito auto usados: Top 4 com 9,2% (vs. 7,5% em 2016)
  • Carteira líquida de crédito: 251 M€ (62% crescimento vs. 2016)
  • Produção anual de crédito auto usados: 133 M€ (54% crescimento vs. 2016)
  • Resultado líquido: 7,9 M€

Na primeira metade de 2018, a 321 Crédito continua a evidenciar um forte crescimento, tendo já originado mais de 80 M€ em crédito automóvel. A empresa estima atingir um resultado líquido de cerca de 9 M€ no final do ano.

A StormHarbour Securities LLP atuou como assessor financeiro e a Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados atuou como assessor jurídico dos CTT e do Banco CTT no âmbito desta transação.