2/3 das cartas da iniciativa Pai Natal Solidário já foram apadrinhadas

18 de dezembro, 2017

Já foram apadrinhadas 78% das cartas que duas mil crianças desfavorecidas escreveram ao Pai Natal Solidário dos CTT. A iniciativa que decorre desde o início do mês e até ao Dia de Reis pretende levar a magia do Natal a todas as crianças, nomeadamente as mais desfavorecidas.

Para tal, os CTT pediram a 2000 crianças até 12 anos de mais de meia centena de instituições de solidariedade, de Norte a Sul do País, que escrevessem e desenhassem com os presentes que querem pedir ao Pai Natal Solidário.

Estas cartas estão publicadas na Internet em www.painatalsolidario.pt e numa seleção de 25 Lojas CTT de Portugal continental e ilhas (lista em baixo). Qualquer pessoa pode consultar estas cartas e apadrinhá-las, oferecendo à criança o presente pedido. Para entregar o presente basta dirigir-se a qualquer Loja CTT do país, que o entregará gratuitamente. Poderá também visitar a página de Facebook em https://www.facebook.com/opainatal.

Os sonhos de Natal destas crianças são iguais aos de todas as crianças, que se dirigem ao Pai Natal com muitos desenhos e alguns pedidos escritos, sobretudo de brinquedos que continuam a dominar os desejos natalícios, principalmente os que estão “na moda”. Mas basicamente os pedidos são iguais aos de todos os outros meninos.

Segundo Miguel Salema Garção, Diretor de Marca e Comunicação dos CTT, “esta é uma iniciativa que muito nos orgulha e que existe graças a generosidade de todos os portugueses que há oito anos garantem que todas estas crianças recebem o presente pedido. Para preservarmos a sua identidade, as crianças não sabem quem lhes dá o presente nem quem apadrinha sabe quem é a criança. Acreditamos que este ano não será diferente dos restantes e que todas elas terão aquilo que merecem!”.

A lista das instituições apoiadas por este projeto, bem como a lista das lojas dos CTT que têm cartas para apadrinhamento, pode ser encontrada nos links e em baixo.

Lista de Instituições

Lista de Lojas CTT