Creoula – Tradição e Juventude

Com uma tiragem limitada a 4400 exemplares numerados, este livro bilingue (português e inglês) da autoria de António Manuel Gonçalves, relata a história deste magnífico veleiro, operado e mantido pela Marinha Portuguesa.

Construído pela Companhia União Fabril (CUF) para a Parceria Geral de Pescarias em apenas 62 dias de trabalho, O Creoula foi lançado à água no dia 10 de maio de 1937. Seguiu ainda nesse ano para a primeira campanha de pesca do bacalhau nos bancos da Terra Nova da Gronelândia, realizando inúmeras campanhas até 1973. Economicamente inviável para a pesca, foi adquirido pelo Estado em 1979 e, após alguma indefinição quanto ao seu futuro, a 20 de março de 1987 recebeu a designação de Unidade Auxiliar de Marinha (UAM). Classificado como Navio de Treino de Mar (NTM) e colocado na tutela do Ministério da Defesa Nacional, passou, doravante, a realizar viagens com jovens portugueses, promovidas por instituições públicas e privadas. Este magnífico veleiro, operado e mantido pela Marinha Portuguesa, até à data já embarcou mais de 16 mil jovens civis, contribuindo para perenizar a nossa cultura marítima e despertar talentos para as ciências do mar.

Contém o selo e o bloco NTM Creoula da emissão filatélica Navios Sagres e Creoula, de 2012, com o valor facial €2,55.

Ficha técnica:

Título: Creoula – Tradição e Juventude
Autor: António Manuel Gonçalves
Tradução: José Manuel Godinho
Edição: Clube do Colecionador dos Correios
Design: Atelier Design & etc / Hélder Soares
Formato: 24,5 x 24,5 cm
Nº de páginas: 164 (com o cólofon incluído)
Tiragem: 4400 exemplares Contém o selo e o bloco NRP Sagres da emissão filatélica Navios Sagres e Creoula, de 2012.
ISBN 978 – 972 – 8968 – 54 - 0