Envios internacionais de Pacotes Postais

Consideram-se “pacotes postais” todas as correspondências que contenham bens, independentemente de terem uma natureza comercial ou pessoal.

Por questões de segurança, os pacotes postais com destino internacional, poderão ter de ser abertos para verificação postal do conteúdo no controlo de segurança aeroportuário durante a passagem pelo equipamento de raio-x.

Para que estes objetos possam ser abertos e prosseguir o seu destino é indispensável que o remetente autorize a sua abertura, caso contrário os objetos poderão ser devolvidos ao remetente.

Antes de enviar certifique-se de que o conteúdo do seu pacote postal não é proibido no circuito postal, nem no país de destino.

Acondicione corretamente o seu pacote postal.

Envios para a união Europeia

Sugere-se que inclua a Autorização de Abertura pessoa singular ou pessoa coletiva de objeto postal de modo a evitar que o objeto seja devolvido durante a passagem pelo controlo aeroportuário.

Envios extracomunitários

Colocar uma Declaração para Alfândega, que já inclui a Autorização de Abertura do objeto para conteúdos de valor:

  • Até 300 DTS* - formulário CN 22
  • Superior a 300 DTS* formulário CN 23

No caso de Correio Normal, Correio Verde, DMI e DMI Eco, é ainda necessário colar na frente dos objetos um código de barras de pré-aviso alfandegário com prefixo «U».

Pode solicitar todos os impressos necessários em qualquer Loja CTT.

O remetente deve incluir a fatura referente aos bens que compõem o conteúdo do objeto. Em não havendo fatura de natureza comercial, deve incluir uma fatura proforma.

Além disso, o remetente deverá anexar ao objeto todas as declarações e autorizações adicionais requeridas pelo país de destino do objeto.

*Ano 2018: 1DTS=1,2453 EUR (euros)